quarta-feira, 2 de março de 2011

A ciência de dobrar meias



Ele diz que nunca olha para a gaveta, mete a mão e tira umas quaisquer. Eu gosto de a ver arrumada tipo dominó. Ele diz que tanto lhe faz que pareçam um saco de batatas ou um rolo comprimido. Explico-lhe a diferença na dobragem, os truques para que fiquem perfeitas. Digo-lhe que têm logo outra aparência, outra apresentação. Ele olha-me, irónico, com descrédito: “Estamos mesmo a falar da apresentação de umas meias?”. Rio-me, calo-me. Fico sem argumentos.

Mas digam lá, existem ou não diferenças?

2 comentários:

  1. Ena pá a minha alma está pasma, onde aprendeste a fazer isto que maravilha!!!

    ResponderEliminar
  2. está uma bellissima dona de casa! lol

    ResponderEliminar